Dicas Сaseiras: Quais são os vermes mais comuns no corpo humano? (Parte 1)

Posted on

Os parasitas intestinais geralmente são transmitidos quando uma pessoa entra em contato com fezes infetadas (por exemplo, através de solos contaminados, alimentos ou água).

A contaminação ocorre quando há ingestão dos ovos infetados do parasita, que se podem encontrar no solo, água ou alimentos (frutas e verduras) contaminados por fezes humanas. Quando se dá a maturação das larvas no tubo digestivo e estão presentes vermes adultos, a sintomatologia é inespecífica e variada. O corpo humano fica mais vulnerável à ação dos vermes quando existe má digestão, desequilíbrio bacteriano e uma dieta pobre em fibras. A ameba entra no seu corpo através do trato digestivo como um cisto, uma espécie de ovo. Ele entra no seu corpo como ovócitos microscópicos, que eclodem em sua barriga e viajam através do sistema digestivo para seus intestinos. Conhecido por muitos veterinários como tricocéfalos, estes parasitas habitam no intestino cego (grosso) dos cães e podem chegar a medir até 7 centímetros de comprimento. Os ovos e esporos da tênia resistem à maioria dos produtos químicos, e a larva pode sobreviver por vários anos no intestino humano, muitas vezes contaminando o ambiente. A contaminação por estes parasitas se dá pela ingestão de seus ovos, geralmente encontrados no solo, água, alimentos contaminados e no contato com fezes humanas contaminadas. Normalmente os parasitas alojam-se no intestino do animal mas também podem, em fases avançadas afetar outros órgãos como o coração ou os pulmões.

Quais são os vermes mais comuns no corpo humano?

  • Granulomas amebianos (amebomas) na parede do intestino grosso;
  • Abscesso hepático, pulmonar ou cerebral
  • Empiema
  • Pericardite
  • Colite fulminante com perfuração.

Quando a infeção ocorre por ingestão, a presença de vermes adultos no tubo digestivo manifesta-se por dor abdominal.

No intestino, provocam danos nos tecidos, mas podem também levar à anemia, obstrução intestinal e, no pior dos casos, à morte. Por outro lado, o parasita que causa o quisto hidático ou hidatidose é o Echinococcus granulosus, que entra no cão através da ingestão de alimentos que contenham ovos ou larvas. Nos casos mais graves, o parasita deixa o intestino e se espalha para outras partes do corpo, atingindo e causando danos no fígado e em outros órgãos. Uma vez no tubo digestivo do barbeiro, o parasita é eliminado nas fezes junto ao ponto da “picada”, quando sugam o sangue dos humanos que por aí infectam-se. O exame parasitológico mais simples é o que permite a detecção de ovos e larvas de helmintos e cistos de protozoários nas fezes frescas. No organismo do hospedeiro essas larvas migram pelos órgãos até se fixar no intestino, onde se tornam adultos. Outros vermes redondos Toxocara canis Ovos A fêmea deposita aproximadamente 200.000 ovos por dia, que são eliminados no ambiente através das fezes do cão parasitado. A infestação ocorre quando o ser humano entra em contato com os ovos do verme por causa da falta do saneamento básico. Os ovos saem com as fezes e “chocam” no chão liberando os juvenis que penetram a pele humana quando esta entra em contato com o solo.

Um platelminto parasita do tubo digestório de vertebrados,cujo corpo é alongado e achatado em forma de fita,é o(a)?

  • Uma a duas semanas de fezes aquosas associadas a muco ou sangue;
  • Dor abdominal (ao exame: em quadrantes inferiores do abdome);
  • Tenesmo importante;
  • Minoria dos pacientes apresenta febre

As fezes podem dar indicação sobre o estado parasitário do animal (presença de parasitas, ovos e larvas).

Esse parasita habita o intestino grosso dos infectados e pode causar a doença chamada tricuríase. O início da contaminação acontece no intestino, quando os ovos se tornam larvas e, a partir daí, se alastram por outros órgãos por meio da corrente sanguínea. Os ovos que os vermes adultos soltam nas fezes podem agora re-infestar o animal ou outros animais, caso essas fezes sejam ingeridas por causa da coprofagia. Infestações por esse parasita são difíceis de analisar devido a pouca quantidade de ovos que ele bota – muitas vezes, sendo necessário mais de um exame de fezes. Causadas especialmente pela falta de saneamento básico e hábitos de higiene, os vermes geralmente se alojam nos intestinos, mas podem abrigar-se também em órgãos, como o fígado, pulmões e cérebro. Fonte: Gabriela Rocha/ Agência Saúde Nós seres humanos, existem dois tipos de parasitas intestinais que podem viver no intestino: Alguns permanecem no intestino, outros saem e invadem os órgãos vizinhos. A maioria das tênias e ascaris lumbricoides (Família de nematóides) crescem no corpo humano e põem seus ovos no intestino. Quando os vermes parasitas helmintos entram no estágio adulto, não podem se multiplicar no corpo humano, mas liberam seus ovos no intestino que são excretados nas fezes do hospedeiro. Passam pelo tubo digestivo, e completam seu desenvolvimento ao chegarem ao intestino delgado, atingindo a fase adulta, se reproduzindo e dando início ao ciclo novamente.

#5. Dentro de nós O parasita Balantidium coli, que se multiplica no intestino grosso e pode causar infecção.

  • As pulgas também infestam os humanos, e podem transmitir vermes e várias doenças.

Quando o médico solicita o EPF (Exame Parasitólogico de Fezes), ele está interessado em pesquisar a presença de vermes parasitas no nosso organismo, principalmente crianças.

Os ascarídeos, conhecidos vulgarmente como lombrigas, são, depois dos oxiúros, os vermes que  mais freqüentemente parasitam o intestino humano. As tênias são vermes de corpo chato e largo, que vivem principalmente no intestino humano. Estes são os sintomas das lombrigas nas crianças: - Podem provocar, sobretudo pela noite, coceira na região anal, sensação de corpo estranho ou irritação genital, sobretudo em meninas. A contaminação acontece ocorre quando há ingestão dos ovos infectados do parasita, que podem ser encontrados no solo, água ou alimentos contaminados por fezes humanas. 1- A ingestão de água ou alimento (frutas e verduras) contaminados pode introduzir ovos de lombriga no tubo digestório humano. Quando se alojamno intestino, podem passar as suas larvas para o sistema sanguíneo, chegando a alcançar alguns órgãos vitais como o coração, os pulmões ou o fígado. O órgão estava completamente tomado por vermes da espécie PinWorm, o parasita mais comum no intestino humano. O parasita pode colocar ovos na vagina ou uretra, pelo que o médico deve observar a mulher com sintomas de corrimento vaginal, cama molhada ou problemas urinários. Através do tubo digestivo elas alcançam o estômago e chegam ao local onde completam o seu desenvolvimento até a fase adulta: o intestino delgado.

Cada proglote grávida contém de 80.000 a 100.000 ovos que são liberados depois que esta estrutura se destaca do corpo do verme e saem com as fezes.

Quando ainda é uma larva, viaja pelo corpo até chegar ao intestino delgado, onde cresce, se reproduz e libera os filhotes junto com as fezes. Por meio do sangue, essas larvas chegam ao intestino, crescem e se tornam vermes adultos que se acasalam e podem reiniciar o ciclo. As fêmeas adultas, alojadas no intestino humano, depositam milhares de ovos, e alguns deles são eliminados pelas fezes. No interior do corpo humano — no intestino — cada um desses ovos se torna uma larva que fura a parede intestinal atingindo a circulação sanguínea. Em grande quantidade, podem provocar asfixia devido ao fato de o verme subir pelo tubo digestório até a garganta. No intestino da pessoa infestada, as fêmeas do verme depositam os ovos, que são eliminados junto com as fezes humanas. http://www.examesdelaboratorios.com.br/exame-de-fezes-completo.html As doenças do sistema digestivo podem comprometer uma área muito importante para o organismo humano. Conheça as principais doenças que afetam o trato digestivo: Apendicite – Doença causada pela inflamação do apêndice, órgão que fica preso ao intestino grosso. contaminados com fezes de cães) Ciclo biológico No cão: semelhante ao de A. lumbricoides no homem: Ovos - intestino (eclosão) - larva - fígado - coração - pulmão - intestino - verme adulto - ovos (fezes) No homem: larvas migram pelos tecidos sem sofrer Diversas proglótides contendo ovos são destacadas do corpo da tênia com as fezes, que são liberados no ambiente e contaminam a água e alimentos. Vive no intestino do ser humano, e sua instalação ocorre por meio da ingestão de água e alimentos contaminados por seus ovos.