Ciclo de vida da doença de chagas (Parte 1)

Posted on

Comumente os parasitas se alojam nos intestinos, mas podem abrigar-se também em órgãos, como o fígado, pulmões e até no cérebro.

Na gravidez: o iodo auxilia a apoptose  e por isso é muito importante  na gravidez , pois o feto está sujeito a mais apoptose do que qualquer outra fase do desenvolvimento. Sistema reprodutivo: o iodo ajuda no crescimento normal e na maturidade dos órgãos reprodutores. O iodo garante a apoptose ou morte celular programada, que é essencial na formação de novos órgãos, bem como na remoção de células malignas e células doentes. Você pode consumir ovos, sal, alimentos do mar, produtos lácteos para facilitar a redução da deficiência de iodo, que funciona como uma cura para o aumento da glândula tireóide. O iodo auxilia a apoptose  e por isso é muito importante  na gravidez , pois o feto está sujeito a mais apoptose do que qualquer outra fase do desenvolvimento. As larvas rabditóides no ambiente também podem transforma-se em machos ou fêmeas adultos de vida livre, realizando vários ciclos no solo até produzirem larvas filarióides de penetração cutânea (ciclo indireto). Ciclo evolutivo: Heteroxênico Transmissão: Ingestão de ovos Patogenia e quadro clinico: Localizações mais freqüentes dos cistos hidáticos: - fígado 70%, pulmões 30%, músculos 6%, baço 2 %, cérebro 1% e ossos 1%. Quando existe infecção humana, quase sempre esta ocorreu à partir de cistos (e mesmo de trofozóitos) provenientes de fezes suínas, que contaminaram as mãos ou os alimentos humanos. Os cistos resistem por semanas ao frio, mas o congelamento a 0°C ou o aquecimento acima de 60°C os mata.

Saiba mais sobre “Parasitas Domésticos e Tropicais de Humanos e outros Animais 50 lâminas preparadas para microscópio MG3900” pelo telefone (11) 4722-4184 ou

  • AÇÃO DOS PARASITAS SOBRE O HOSPEDEIRO

A maioria das infecções é assintomática e pode ocorrer em adultos ou crianças, que muitas vezes podem eliminar cistos nas fezes por um período de até seis meses.

Uso: Pesquisa de ovos e larvas de helmintos, e também para cistos de protozoários. As causas mais comum da diarreia é devido a infecções por vírus, bactérias ou outros parasitas que entram no organismo quando uma pessoa consome alimentos ou água contaminada. Se os animais não forem tratados, alguns destes parasitas, podem prejudicar gravemente a sua saúde e além disso, alguns parasitas podem também ser transmitidos aos seres humanos, causando-lhes diversos problemas. Após terminar de fazer a teia como casulo, a larva mata a aranha e a come, passando a morar dentro do casulo, onde termina seu ciclo de vida. Esse protozoário costuma se instalar no intestino, mas, depois de algum tempo, ele pode migrar para outros órgãos, como o fígado. Esse verme se instala no canal digestório depois da ingestão de seus ovos, que podem estar na água contaminada, nas frutas e nas verduras. Humanos podem se infectar por meio da ingestão acidental de ovos desses protozoários, presentes nas fezes dos animais portadores. Nos casos mais graves, o parasita deixa o intestino e se espalha para outras partes do corpo, atingindo e causando danos no fígado e em outros órgãos. O parasita em questão é a vespa, que injeta ovos nas larvas de mosca de fruta.

Também chamada de esquistossomose, doença mata milhares de pessoas por ano

  • Não é eficiente para cistos de protozoários ou larvas de helmintos, porque a solução saturada de NaC1 produz retração dos mesmos tornando-os irreconhecíveis.

Os cistos, ovos ou larvas permanecem conservados por mais de um mês.

EXAME MICROSCÓPICO: Método Direto: esfregaços a fresco – mais fácil e usado na rotina do laboratório- permite visualizar: protozoários (trofozoítas e cistos) e helmintos (ovos, larvas e pequenos adultos). Aumenta o número de cistos, oocistos , ovos e larvas; Elimina a maioria de detritos fecais; facilita a identificação (organismos inalterados) Tipos: Sedimentação Flutuação 29 Vantagens: formação na superfície do tubo de uma membrana clara com poucos detritos fecais e a remoção seletiva de ovos e cistos, mesmo quando em pequeno número no bolo fecal. Anfídios é um complexo de órgãos nervosos dos animais de vida livre que abrem em cada lado da cabeça pelos poros anfidiais. O iodo inorgânico, através da solução de Lugol, é alcalinizante e mata vírus, bactérias, fungos e praticamente qualquer outro micro-organismo que se possa imaginar. Uma mulher com cistos de mama pode fazer a suplementação de iodo, através da solução de Lugol 5%, para eliminar os cistos, sem necessitar fazer qualquer procedimento invasivo. Algumas doenças causadas por parasitas ocorrem através de vetores, que são organismos que podem estar infectados com o parasita e que serão responsáveis por transmiti-lo ao hospedeiro final. Assim, o melhor procedimento a ser adotado seria desinfetar também as frutas que usamos para suco se, ao cortar a fruta, ainda a cortamos com a casca. No caso de frutas descascadas, atentemo-nos quanto à higiene da faca entre a etapa de descasque da fruta e a etapa de corte da polpa.

Ciclo de vida da doença de chagas

  • ciclos de vida
  • características gerais dos platelmintos causadores de doenças
  • transmissão e profilaxia
  • principais verminoses causadas por platelmintos

Parte V: Ciclos Biogeoquímicos 1) Nos ambientes aquáticos o ciclo do carbono pode ser esquematizado, simplificadamente, conforme mostra o esquema abaixo.

Em casos mais severos, pode ocorrer prolapso retal, a condição em que as paredes do ânus ficam sobressalientes. As crianças estão mais sujeitas a este tipo de doença por, às vezes, não tomarem os devidos cuidados ao brincar em algum lugar sujo. O início da contaminação acontece no intestino, quando os ovos se tornam larvas e, a partir daí, se alastram por outros órgãos por meio da corrente sanguínea. A leishmaniose é uma doença dos cães provocada por um parasita protozoário – leishmania - que invade diversos órgãos, causando lesões de diversa extensão/gravidade e que pode até provocar a morte. A Sarna é um parasita que também afeta outros mamíferos, incluindo o humano sendo por isso também considerada uma zoonose com algum risco público. 2) Helmintos Os helmintos são parasitas mais complexos, compostos por várias células e órgãos internos. Isso ocorre porque os vermes extraem os nutrientes do alimento que você come, o que significa que o hospedeiro não recebe os bons nutrientes que normalmente obtém ao se alimentar. A contaminação acontece ocorre quando há ingestão dos ovos infectados do parasita, que podem ser encontrados no solo, água ou alimentos contaminados por fezes humanas. Ciclo da Ascaridíase 1- A ingestão de água ou alimento (frutas e verduras) contaminados pode introduzir ovos de lombriga no tubo digestório humano.

Os parasitas obtêm seu alimento a parte de tecidos ou sangue de outros organismos. por que a maioria apenas debilita, mas não mata seu hospedeiro?

O ser humano pode adquirir toxoplasmose por meio de ingestão de alimentos contaminados com cistos ou oócitos, transfusão sanguínea, transplante de órgãos ou por transmissão materno-fetal.

Estima-se que 13 das pessoas no mundo sejam infetadas por este parasita em algum momento, ao longo da vida a vida. De forma simplificada, o que ocorre é que os ovos do verme são liberados nas fezes e, às vezes, urina humana e ficam livres na água. Todo este ciclo pode levar algum tempo para ocorrer e, por ser transmissível pela água, meio abrangente, pode atingir populações inteiras em zonas endêmicas. Se o exame der positivo, virá escrito o nome do verme encontrado, geralmente, encontram-se ovos ou cistos que significa presença do verme. Quando o parasita passa a habitar no interior do hospedeiro definitivo, ele pode se fixar no fígado, na vesícula, no intestino ou bexiga do homem, causando, desta forma, vários danos. (Só Biologia) A Taenia Solium, pode causar crises epiléticas e outros problemas neurológicos em humanos que ingeriram ovos da larva. Os seres humanos podem tornar-se infestados com a forma adulta do cestódio (vermes chatos na sua forma) dipylidium caninum, em seguida à ingestão do hospedeiro intermediário, a pulga. Os parasitas precisam se dispersar no ambiente para trocar de hospedeiro, e isso eles fazem através de ciclos de vida, alguns até muito complexos. Quando a doença ocorre na forma de cistos, pequena bexigas contendo um líquido e a cabeça do verme, chama-se cistiscercose e pode causar danos graves e levar até a morte.

PRESENÇA DE OVOS, CISTOS E OOCISTOS DE PARASITAS EM AMOSTRAS DE ÁGUA DO IFNMG - CAMPUS SALINAS, ATRAVÉS DE DUAS TÉCNICAS DE DETECÇÃO

Alias, como não receberam veneno algum esse tipos de alimento pode inclusive ter mais vermezinhos, mas nada que uma boa água sanitária não resolva.

Os principais parasitas mais encontrados em verduras e vegetais frescos são ameba e giárdia, também podem ser encontrados ovos de outros parasitas como da áscaris. Estes podem realizar mais ciclos esquizogônicos ou passar para gametogonia (ciclo sexuado) levando à produção de oocistos, que são então eliminados nas fezes, contaminando o ambiente. Estes microrganismos possuem formas de resistência, os cistos, os quais permitem a sobrevivência do patógeno, por longos períodos, fora do hospedeiro, facilitando assim a transmissão da enfermidade. As vespas parasitas gostam de colocar seus ovos dentro da mosca da fruta Larvas. Entretanto, além de hospedeiro definitivo, o homem também pode atuar como hospedeiro intermediário, neste caso, ocorrerá uma doença chamada cisticercose humana. Isso mesmo, existem fungos que são parasitas, isto é, que obtêm nutrientes de outros seres vivos, prejudicando-os, causando doenças ou até a morte de plantas e animais, inclusive seres humanos. 31 out 2016, 19h02 - Publicado em 23 nov 2015, 18h30 Thinkstock (/) Considerada a fruta nacional da Jamaica, o ackee é uma das frutas mais exóticas do mundo. Caso se manifeste na forma visceral, pode inchar os órgãos internos até matar o hospedeiro. A cisticercose suína é uma doença parasitária originada a partir da ingestão de ovos de Taenia solium, cujas formas adultas têm o homem como hospedeiro final.

Quando algum mosquito transmissor pica o hospedeiro ingere as microfilárias, que dentro dele se transformam em larvas infectantes e invadem outro humano através da pele quando o mosquito pousa.

No entanto, o próprio ser humano pode adquirir esta doença se comer verduras, frutas ou mesmo ingerir água contaminada com ovos da ténia. NOVA ESCOLA responde A Doença de Chagas foi inicialmente descrita por Carlos Chagas (1879-1934) que publicou todos os detalhes da doença – agente, vetor, ciclo de vida, quadro clínico. Fisiopatologia e Ciclo de Vida do Tripanossoma cruzi A doença de Chagas é uma zoonose, ou seja, o protozoário infecta diversos animais na natureza e acidentalmente o homem. Os parasitas podem ser classificados da seguinte forma: - Parasitas Completos: vivem no hospedeiro durante a vida toda. suficiente para erradicar alguns ovos de parasitas ou cistos de protozoários Responsáveis pelos sintomas da doença, as fêmeas ficam por lá durante toda a vida, de dois a três meses. Associados a este sistema nervoso simples podem encontrar-se, nos animais de vida livre, órgãos dos sentidos rudimentares, nomeadamente ocelos, que apenas permitem a percepção da luz/sombra e de movimento. Quando ocorre uma fractura completa causada por algum agente externo (homem, por exemplo), dependendo do tamanho das partes, pode ocorrer regeneração de 2, 3 ou mais planárias. O porco (a carne de porco mal passada é a origem da infecção pela T. solium), hospedeiro intermediário, ingere os ovos que, ao chegarem no intestino, liberam a oncosfera.

Na cavidade celomática, ficam alojados os órgãos do animal.

Se somarmos as espécies que atacam seres humanos para se proteger ou por algum outro motivo, o número se torna ainda maior. “O enraizamento das plantas, o fato de elas não se moverem, significa que elas precisam ser muito mais atentas ao ambiente onde vivem do que eu ou você”, explicou Chamovitz. reprodutivo: O iodo ajuda no crescimento normal e na maturidade dos órgãos Nesses órgãos, formam-se os cistos hidáticos, que podem atingir diâmetro superior a 10 cm. A toxoplasmose, popularmente conhecida como doença do gato, é uma doença infecciosa, que pode nascer com o indivíduo ou ser adquirida em algum momento da vida. Frutas, verduras e vegetais, podem entrar em contato com o parasita através do adubo, por isso devem ser muito bem lavadas e cozidas. b) pela ingestão da carne bovina e dos ovos do parasita presentes nas fezes do hospedeiro Intermediário. (FUVEST) Observe o esquema simplificado do ciclo de vida da lombriga, causadora da doença chamada ascaridíase, e a lista de medidas a seguir. (UFPI) Analise o desenho esquemático, representativo do ciclo de vida de um protozoário unicelular, que pode infectar diferentes animais em um ciclo alternado entre insetos e vertebrados.