B) Tratamento e prevenção para as doenças causadas por fungos (Parte 1)

Posted on

Ascaris Lumbricoides: verme causador da doença O que é Popularmente conhecida como lombriga, a ascaridíase é uma parasitose causada pelo verme nemátode Ascaris lumbricoides.

Contaminação e ciclo A contaminação por este parasita ocorre através do consumo de água ou alimentos infectados por seus ovos. A doença causada pelo Ascaris é a A ascaris lumbricoides, uma lombriga intestinal, é uma das infecções humanas helmínticas mais comuns em todo o mundo. O homem se infecta quando ingere água ou alimentos contaminados com os ovos do ascaris, que passam pelo estômago e atingem o intestino, liberando a larva. Nesse estágio, as larvas crescem e se transformam em vermes adultos e liberadores de ovos, que são eliminados juntamente com as fezes, e se inicia um novo ciclo. No intestino, ao atingir a maturidade, são capazes de reiniciar o seu ciclo pela liberação de novos ovos. Os vermes causadores do amarelão têm um ciclo de vida complexo, que começa e termina no intestino delgado. A doença é provocada por um parasita chamado Ascaris lumbricoides. A contaminação por Ascaris lumbricoides acontece majoritariamente por ingestão de água ou alimentos contaminados.

A tênia é um parasita que se desenvolve no intestino do homem. Ela é transmita pela ingestão da carne de vaca ou de porco contaminada com as larvas do verme

  • Dor ou desconforto abdominal;
  • Náuseas e vômitos;
  • Diarreia ou presença de sangue nas fezes;
  • Cansaço excessivo;
  • Presença de vermes nas fezes.

As crianças correm risco de vida quando a doença se manifesta em sua forma mais grave e não recebe o tratamento adequado.

A infecção ocorre pela ingestão de água e de alimentos, principalmente verduras contendo ovos embrionários. Ela é transmitida através dos ovos fertilizados do parasito, que podem estar presentes no solo, na água ou em alimentos contaminados com fezes humanas. Veja como é o ciclo de vida do animal: Ciclo de vida da Ascaris lumbricoides. Os ovos ficam alojados no útero da fêmea até eclodirem, serem eliminados através das fezes e o ciclo se reinicia. A bailarina dos versos não contrai as doenças causadas por dois parasitas de importância para a saúde pública: a lombriga (Ascaris lumbricoides) e a ameba (Entamoeba histolytica). A transmissão das parasitoses causadas pela lombriga (Ascaris lumbricoides) e a ameba (Entamoeba histolytica) são prevenidas pela higienização correta dos alimentos ingeridos crus. Através da ingestão dos ovos do verme presentes no solo, água ou alimentos contaminados com fezes humanas infectadas. Um indivíduo contaminado pelo verme elimina diariamente milhares de ovos de Ascaris pelas fezes. Os ovos eliminados com as fezes contêm os embriões de Ascaris em seu interior.

Ciclo de vida do Ascaris lumbricoides

  • amebíase
  • colite bacteriana
  • shigella
  • campylobacter
  • yersinia
  • clostridium difficile
  • Doença inflamatória intestinal
  • Síndrome do intestino irritável
  • Doenças abdominais funcionais
  • Drogas (AINES, ouro)

Cada verme fêmea põe diariamente mais de 200 mil ovos que saem do corpo do hospedeiro através das fezes.

A contaminação ocorre quando há ingestão dos ovos infetados do parasita, que se podem encontrar no solo, água ou alimentos (frutas e verduras) contaminados por fezes humanas. Geralmente ocorre a ingestão de vários ovos, o que explica a presença de mais que um verme no intestino dos parasitados. O ciclo biológico do a. lumbricoides O ciclo biológico do ascaris lumbricoides é do tipo monoxénico, ou seja, possui um único hospedeiro. Após a ingestão, os ovos passam pelo estômago e eclodem no intestino delgado, onde cada ovo se rompe libertando uma larva. Dependendo da carga parasitária e das condições do hospedeiro, a ação causada pelos vermes adultos de ascaris lumbricoides é variável. Os vermes adultos de ascaris em grande número podem provocar a oclusão do intestino a partir da compactação e formação de um “bolo de ascaris”. As técnicas mais indicadas para a realização deste exame são as de sedimentação como Lutz, Kato-Katz e Faust devido ao facto de os ovos de ascaris serem pesados. NematodosSão parasitas cilíndricos, havendo cerca de 60 espécies capazes de viver no homem, sendo os mais conhecidos e frequentes, o Ascaris lumbricoides (lombriga), e o Enterobius vermicularis (oxiúre). Os ovos são capazes de sobreviver anos no chão húmido, onde podem germinar formando-se larvas que atingem o ser humano quando ele ingere os alimentos contaminados.

Apresentação em tema: “Sintomas, causador da doença, prevenção, tratamento e transmissão”— Transcrição da apresentação:

  • Tratamento dos casos sintomáticos
  • Detecção e tratamento de portadores assintomáticos (manipuladores de alimentos)
  • Identificação das fontes de infecção
  • Educação sanitária
  • Saneamento
  • Uso de água filtrada ou fervida

O parasita pode colocar ovos na vagina ou uretra, pelo que o médico deve observar a mulher com sintomas de corrimento vaginal, cama molhada ou problemas urinários.

Assim, se as medidas de higiene forem mantidas durante 6 semanas pode quebrar-se o ciclo de reinfestação pela libertação dos oxiúros pelos intestinos. AscaridíaseProvocada pelo Ascarides lumbricoides (lombriga), parasita que infesta o homem numa prevalência muito inferior à oxiuríase provocando consequências mais prejudiciais. ascaridíase é uma doença causada pelo parasita Ascaris Através da ingestão de água ou alimentos contaminados com ovos de Ascaris lumbricoides, o indivíduo fica infetado e em condições de desenvolver Ascaridíase. Inicia-se um novo ciclo, em que alguns ovos saem nas fezes e outros eclodem e prosseguem o ciclo no mesmo indivíduo. Na fase em que os Ascaris lumbricoides estão nos pulmões, podem causar os seguintes sintomas: - Tosse ou reflexo de vómito; Na fase em que os Ascaris lumbricoides estão no intestino, podem causar os seguintes sintomas: - Náuseas; Ascaridíase Ascaridíase ou Ascaríase é o parasitismo desenvolvido no homem por um grande nematóide da espécie Ascaris lumbricoides, pertencente à família Ascarididae, designados também simplesmente por Ascaris. Ancilostomíase ou  amarelão O Ascaris pode ocorrer em pessoas de qualquer idade, mas é mais frequente em crianças de cinco a nove anos.

Ciclo de vida da doença de chagas

Ciclo vital de Ascaris lumbricoidos Vermes adultos (1) vivem no interior do intestino delgado.

Em relação ao Ascaris lumbricoides (lombriga) e seu ciclo de parasitose, responda ao que se pede. e) O ciclo do Ascaris é do tipo monoxeno. UFMG (modificado) A transmissão de Ascaris lumbricoides e Taenia solium pode ocorrer, respectivamente, pela: a) ingestão de ovos larvados e de alimentos conta-minados por fezes de gatos. ( ) A ascaridíase, parasitose freqüente no Brasil, é causada por vermes da espécie Ascaris lumbricoides, um parasita monoxênico. ( ) A cisticercose é contraída pelo ser humano, quando ele assume o papel de hospedeiro intermediário, ao ingerir ovos de Taenia solium presentes em água ou em alimentos. UFES (modificado) A ascaridíase, doença causada pelo Ascaris lumbricoides, atinge cerca de 60% da população brasileira. Unifesp Considere o ciclo de vida e as características de uma tênia ou solitária (Taenia solium) e de uma lombriga (As-caris lumbricoides), e assinale a alternativa correta. d) A tênia provoca a teníase e o Ascaris causa a ascaridíase; no primeiro caso ,o ciclo é heteroxeno e, no segundo caso, é monoxeno. A 03. a) Ingestão de água e alimentos contaminados com ovos de Ascaris.

B) Tratamento e prevenção para as doenças causadas por fungos

A contaminação acontece ocorre quando há ingestão dos ovos infectados do parasita, que podem ser encontrados no solo, água ou alimentos contaminados por fezes humanas.

O diagnóstico é feito pelo exame de fezes, onde se encontram os ovos do parasita. Esse parasita habita o intestino grosso dos infectados e pode causar a doença chamada tricuríase. Segundo a OMS, aproximadamente 60 mil mortes por ano, na maioria crianças, são causadas pela infecção por lombriga. 2 – LOMBRIGA (ASCARIS LUMBRICÓIDES) Vivem no intestino do homem. 4 – PREVENÇÃO a) Não deixar as fezes com os ovos das lombrigas contaminarem a terra. Ingestão dos ovos infectantes do parasita, procedentes do solo, água ou alimentos contaminados com fezes humanas. Após a ingestão dos ovos embrionados, há liberação de larvas no intestino delgado humano, onde permanecem até alcançar a maturidade em cerca de trinta dias. Diferentemente dos outros geoelmintos, que realizam o ciclo pulmonar (Necator americanus, Ancylostoma duodenale, Strongyloides stercoralis e Ascaris lumbricoides), Trichuris trichiura tem sua evolução restrita à luz intestinal. Ovos mais sensíveis à dessecação e insolação do que os de Ascaris lumbricoides.

Quando a infestação é maciça ocorre dor abdominal, falta de apetite e diarréia que pode conter sangue e muco simulando doença intestinal inflamatória.

Fonte: www.saude.rj.gov.br A ascaridíase é uma parasitose intestinal causada pelo helminto Ascaris lumbricoides, um verme que pode chegar a medir até 40 cm de comprimento. Estimativas sugerem que, em todo o mundo, mais de 1 bilhão de pessoas estejam contaminadas pelo Ascaris lumbricoides, mas boa parte delas desconhece tal fato, pois não apresentam sintomas relevantes. A infecção pelo Ascaris lumbricoides ocorre em todo mundo, mas ela é mais prevalente em países de clima quente e com deficiente condições de saneamento básico. A maioria dos indivíduos infectados com o Ascaris não apresenta sintomas, a não ser que os intestinos estejam infestados com centenas de vermes. Uma vez no ambiente, os ovos de Ascaris são muito resistentes, podendo permanecer viáveis por vários anos, caso encontrem condições adequadas de umidade e temperatura. Uma infecção prévia pelo Ascaris não garante imunidade, sendo perfeitamente possível uma mesma pessoa desenvolver a parasitose várias vezes ao longo da vida. Os ovos eliminados nas fezes contêm embriões de Ascaris em seu interior. Na maioria dos casos, a infecção pelo Ascaris lumbricoides é assintomática. O diagnóstico da ascaridíase é habitualmente feito através da identificação de ovos de Ascaris lumbricoides nas fezes.

A ascaridíase é causada pelo verme Ascaris lumbricoides, conhecido popularmente como “lombriga”.

A transmissão ocorre pela ingestão de ovos do parasita presentes na água, solo ou alimentos contaminados com fezes. Saiba mais em: Ciclo da Ascaridíase Lombriga (verme) Ascaridíase Teníase A teníase é uma infecção intestinal causada pela fase adulta da Taenia solium e da Taenia saginata. A teníase e a cisticercose são causadas pelo mesmo parasita, só  que em fases distintas de vida. O diagnóstico é feito via exames de fezes em três coletas, onde se verifica a presença de ovos do verme; ou por biópsia da mucosa do final do intestino. De ciclo complexo, o verme se estabelece no intestino delgado, onde prende seus “dentes” na parede intestinal e passa a sugar o sangue de sua vítima. O parasito também pode ser ingerido com água ou alimentos contaminados, o que facilita o seu ciclo. Uma vez ingeridos, os ovos se dirigem ao intestino, onde são liberadas as larvas, que atravessam a parede intestinal seguindo em direção ao fígado, coração e pulmões. Uma vez adultas, ocorre a fecundação e a fêmea libera seus ovos, que saem junto com as fezes recomeçando um novo ciclo. É uma doença infecciosa causada pelo desenvolvimento do parasita Ascaris Lumbricoide, chamado no popular de lombriga ou bicha.

Os sintomas mais comuns desta doença são aqueles já citados aqui, no qual se adiciona ainda cansaço excessivo e a presença de vermes nas fezes.

O ciclo do verme quando as fêmeas que já estão no intestino alojado liberam os ovos nas fezes e contamina o solo. As larvas ficam no intestino até se desenvolverem à fase adulta, onde liberam mais ovos em um ciclo constante. Com informações do tuasaude A ascaridíase é uma verminose intestinal, causada pelo parasita Ascaris lumbricóides. A contaminação por Ascaris lumbricóides ocorre pela ingestão de água ou alimentos contaminados por seus ovos. A contaminação ocorre quando as condições de higiene e de saneamento básico favorecem o contato desses ovos com a terra, a água, e com alimentos que são ingeridos. Ascaridíase, ascaridose, ascariose e ascaríase é uma doença parasitária causada pela larva Ascaris lumbricoides, também conhecidas popularmente como lombrigas. A contaminação por Ascaris lumbricoides ocorre pela ingestão de água ou alimentos contaminados pelos seus ovos. Após a ingestão de ovos férteis em estado infecioso, as larvas eclodem, invadem a mucosa intestinal e são transportadas pela circulação sistémica para os pulmões. No caso da infeção por Ascaris lumbricoides, podem ocorrer queixas inespecíficas de dor ou desconforto abdominal e sintomas de mal absorção quando a infeção é prolongada.

Os medicamentos anti-helmínticos (medicamentos que contribuem para a eliminação dos parasitas), como albendazol (Zentel®) e mebendazol (Pantelmin®), são medicamentos utilizados para o tratamento de infeções por Ascaris lumbricoides.

A forma de contágio da ascaridíase ocorre através da ingestão dos ovos do parasita em água ou alimentos contaminados. O ciclo do verme Ascaris Lumbricoide começa quando as fêmeas adultas, que estão no intestino, liberam seus ovos nas fezes e conseguem contaminar o solo. Quando isso acontece, os ovos ficam inativos até várias semanas, acabando por ficar grudados em alimentos ou sendo transportados pela água, que depois podem ser ingeridos. As larvas que ficam no intestino, sobem até ao intestino delgado, onde se desenvolvem até sua fase adulta, liberando mais ovos que acabam sendo liberados novamente com as fezes. A transmissão se dá pela Ingestão dos ovos infectantes do parasita, procedentes do solo, água ou alimentos contaminados com fezes humanas. ESTRONGILOIDIASE Doença parasitária intestinal, freqüentemente assintomática causada pelo helminto Strongiloides stercoralis tendo como reservatório o Homem, cães e gatos. Essas larvas podem ser eliminadas nas fezes (veja “ciclo de vida livre” acima), ou causar autoinfecção. No entanto, a infecção não tratada pode persistir por toda a vida do paciente devido ao ciclo de autoinfecção. contaminados com fezes de cães) Ciclo biológico No cão: semelhante ao de A. lumbricoides no homem: Ovos - intestino (eclosão) - larva - fígado - coração - pulmão - intestino - verme adulto - ovos (fezes) No homem: larvas migram pelos tecidos sem sofrer O principal hospedeiro e reservatório do parasita é o homem sendo a partir de suas fezes e urina que os ovos são disseminados. Saiba mais sobre outras parasitoses em: Na família Ascarididae, subfamília Ascaridinae, são encontradas espécies de grande importância médico-veterinária representadas principalmente pelo Ascaris lumbricoides, que parasita o intestino delgado de humanos.