Dicas Сaseiras: Quais são os vermes mais comuns no corpo humano? (Parte 2)

Posted on

Numerosas espécies apresentam vida livre, porém muitas são parasitas de plantas e animais.

Entre os platelmintos há espécies de vida livre, que são predadoras ou que se alimentam de animais mortos. As planárias são platelmintos de água doce (Foto: Reprodução/Wikimedia Commons) Os turbelários são platelmintos de vida livre, como as planárias de água doce. Os nematelmintos não são animais de vida livre. OBS2: A cisticercose caracteriza-se quando o homem faz o papel de hospedeiro intermediário (do porco) , devido a ingestão de alimentos contaminados por ovos. Curiosidades: - Os asquelmintos podem viver tanto na água como no solo, ou, ainda, como parasitas de plantas e animais. Isso mesmo, existem fungos que são parasitas, isto é, que obtêm nutrientes de outros seres vivos, prejudicando-os, causando doenças ou até a morte de plantas e animais, inclusive seres humanos. Alguns têm vida livre e vivem no mar, rios ou ambientes terrestres, e outros são parasitas, ou seja, vivem às custas dos animais hospedeiros. Os tuberlários, como a planária (Dugesia tigrina), são seres de vida livre. No ciclo de vida de um trematódeo, os vermes adultos produzem ovos que são eliminados do hospedeiro definitivo (homem) e originam vários estágios larvais relacionados ao hospedeiro intermediário (molusco aquático).

A tênia é um parasita que se desenvolve no intestino do homem. Ela é transmita pela ingestão da carne de vaca ou de porco contaminada com as larvas do verme

  • Parasita - Shistosoma mansoni
  • Sintomas - Alojam-se nos vasos do sistema porta – hepático, promovendo
  • hemorragias e conseqüente edema (barriga d’água); urrose hepática.
  • Transmissão - infestação passiva ou ativa.

Nematelmintos – Os nematelmintos podem ter vida livre ou ser parasitas de plantas e animais.

Neste caso, os vermes adultos habitam a cavidade intestinal do hospedeiro e produzem ovos, que eliminados pelas fezes contaminam a água e os alimentos. O filo Nemathelminthes (do grego, nematos = fio; helminthes = verme) é formado por uma grande variedade de animais de corpo alongado e cilíndrico e, por isso, conhecidos como vermes cilíndricos. Podem ter vida livre, sendo geralmente diminutos e até microscópicos ou ser parasitas, podendo alcançar vários centímetros de comprimento. Os parasitas de plantas podem viver em raízes, sementes e frutos, produzindo ovos dos quais saem larvas que se alimentam dos tecidos da planta. Os nematelmintos mais conhecidos são, sem dúvida, as lombrigas (Ascaris lumbricoides), parasitas do homem e também de outros animais, como o porco. Estruturalmente são seres muito simples, com o corpo alongado (pode chegar a mais de 30 cm de comprimento), delgado, cilíndrico e afilado nas extremidades. ● músculos exclusivamente longitudinais, paralelos ao eixo do corpo, reduzindo a capacidade de locomoção nos seres de vida livre, que executam movimentos mais limitados. Estrutura interna de uma fêmea de lombriga Muitos nematelmintos de vida livre são carnívoros, alimentando-se de pequenos animais, incluindo outros nematelmintos. Os animais de vida livre usam oxigênio, obtendo-o por difusão direta, e os parasitas são anaeróbicos e fazem fermentação.

Os platelmintos são animais exclusivamente parasitas, que vivem no exterior do corpo de seus hospedeiros. Você concorda com essa afirmação ? Justifique. ,citando exemplos

  • Parasita - Taenia solium e Taenia signata
  • Sintomas - Náuseas, diarréia, letargia, etc.
  • Transmissão - ingestão de carne com cisticercos

Os adultos se acasalam no intestino do hospedeiro e as fêmeas fazem a postura de grande número de ovos, que atingem o exterior com as fezes.

Em relação ao seu ciclo de vida, é um parasita monoxeno e de infestação passiva, sendo transmitido pela ingestão de água e alimentos contaminados com ovos do verme. Ciclo de Vida do Wuchereria bancrofti O grupo dos vermes cilíndricos inclui uma série de outros representantes parasitas. Podem ser desta-cados: ● Ancylostoma braziliensis é parasita intestinal de cães e gatos e, quando eventualmente atinge o homem não completa seu ciclo, realizando migrações cutâneas. Os animais defecam no chão e os ovos eliminados eclodem, liberando larvas que podem penetrar ativamente pela pele humana. Muitas espécies são de vida livre e vivem em ambiente aquático ou terrestre; outras são parasitas de plantas e de animais, inclusive o ser humano. Doenças causadas por Nematódeos Ancilóstomos, lombrigas, oxiúros e filárias são alguns exemplos de nematelmintos que parasitam os seres humanos . A contaminação acontece ocorre quando há ingestão dos ovos infectados do parasita, que podem ser encontrados no solo, água ou alimentos contaminados por fezes humanas. 9- Ovos contidos nas fezes contaminam a água de consumo e os alimentos utilizados pelo homem. As larvas têm origem nos ovos eliminados pelo homem.

Qual desses vermes tem vida livre ,nao é parasita?planaria lombriga filária esquistossomo tênia ancilostomo ou oxiuro?

  • Parasita - Echinococcus granulosus
  • Sintomas - Formação de cisto hidático
  • Transmissão - Ingestão acidental de ovos

Ciclo de Vida Os vermes adultos vivem no intestino delgado do homem.

Alguns têm vida livre, Alguns possuem vida livre e outros parasitam animais Muitas espécies são de vida livre e vivem em ambientes Depois de entender um pouco sobre as esponjas, as águas-vivas e os vermes chatos, vamos ao próximo filo, o chamado Nematoda, do qual fazem parte os Nematelmintos ou Nematódeos. O desenvolvimento dos seres pode ser direto, ou seja, sem um estágio larval, quando possuem vida livre, ou indireto, com estágio larval, quando são parasitas. Alguns são de vida livre e outros são parasitas de vertebrados e usando invertebrados como hospedeiros intermediários (usados somente para desenvolvimento, não causando doença). Os nematoides de vida livre se alimentam de bactérias, fungos, algas, pequenos anelídeos, plantas (causando danos à agricultura). Nematoides parasitas fazem respiração anaeróbica, porém suas larvas, geralmente de vida livre, fazem respiração aeróbica. Anfídios é um complexo de órgãos nervosos dos animais de vida livre que abrem em cada lado da cabeça pelos poros anfidiais.

Todos os vermes parasitas , platelmintos e nematódeos, apresentam-se esbranquiçados pela presença de uma capa ou cutícula que recobre o corpo todo. Porque?

Os ovos saem com as fezes e “chocam” no chão liberando os juvenis que penetram a pele humana quando esta entra em contato com o solo.

Alguns tem vida livre, outros parasitam animais diversos, Muitas espécies são de vida livre e vivem em ambiente aquático ou terrestre; outras são parasitas de plantas e de animais, inclusive o homem. Platelmintos é o nome de um grupo de vermes de corpo mole e geralmente achatado, que são em sua maioria parasitas de outros animais, embora haja alguns de vida livre. Os ovos eclodem na areia e podem penetrar na pele humana sem, contudo atingir a circulação. Os nematodas, também conhecidos por nematódeos (do grego nematos = fiiameníoso; hélmins = verme) são vermes de corpo alongado, cilíndrico e fino, com extremidades afiladas. Há parasitas, mas a maioria tem vida livre, habitando ambientes aquáticos marinhos e de água doce. Podem ser ou de vida livre, estes podendo ocorrer nos mares, água doce ou em ambientes terrestres úmidos. Digestão Os nematódeos são os primeiros animais a apresentarem sistema digestório completo, ou seja, possuem boca e ânus.

Todos os vermes parasitas platelmintos e nematódeos , apresentam – se esbranquiçados pela presença de uma capa ou cutícula que recobre todo o corpo .por que?

Plánarias tem vida livre e não é parasita.Filárias vivem nos vasos linfáticos do ser humano causando elefantíase filarióse e são transitidos através da picada do mosquito.

Existem espécies parasitas, mas a maioria é de vida livre. Os nemathelminthes de vida livre habitam o solo úmido, a areia dos desertos e das praias, a água estagnada, o mar. 2.1.2 Tegumento O corpo desses vermes é coberto por uma cutícula protetora muito resistente, produzida pela epiderme, composta principalmente de colágeno. 2.1.3Musculatura A musculatura dos nematódeos é composta por uma única camada de células que se distribui longitudinalmente pelo corpo. Muitos nematodas de vida livre são carnívoros e se alimentam de pequenos animais ou de corpos de animais mortos. Possuem dois canais longitudinais, que percorrem a lateral do corpo do verme, unidas por um canal transversal, que emite um ducto que elimina excretas pelo poro excretor. Os nematelmintos de vida livre são aeróbicos e obtêm o oxigênio no meio onde vivem. Os ovos resultantes da fecundação ganham cada um, uma casca rígida e saem do corpo da fêmea caindo na luz intestinal do hospedeiro que os elimina junto com as fezes. 2.2 Doenças causadas por Nematódeos 2.2.1 Os principais nematódeos parasitas da espécie humana Ascaris lumbricoides.

(Filo Platyhelminthes, Filo Nemertea, Filo Gnathosmotulida)

Os ovos desses vermes são eliminados nas fezes e contaminam o solo, onde liberam larvas.

2.3 Ecologia dos nematódeos A maioria dos nemátodos é de vida livre, habitantes de solo úmido, areia, de águas estagnadas e até mesmo do plâncton. Entre os parasitas, além daqueles que têm o homem como seu hospedeiro, há espécies que infestam outros animais ou plantas (raízes, frutos). Podem ser de vida livre ou parasitas. Várias doenças são causadas por animais desse filo, e assim como ocorre com os platelmintos a incidência é mais intensa em geral associada a precariedade do saneamento básico. Alguns tem vida livre, outros parasitam animais diversos, principalmente vertebrados. Alguns nem tubo digestivo tem e vivem adaptados à vida parasitária, absorvendo, através da pele, o alimento previamente digerido pelo hospedeiro. Podendo atingir até oito metros de comprimento, as tênias são vermes parasitas, que vivem na carne do porco ou do boi e no intestino do homem. Muitas espécies são de vida livre e vivem em ambiente aquático ou terrestre; outras são parasitas de plantas e de animais, inclusive o homem. Ancilóstomos, lombrigas, oxiúros e filárias são alguns tipos de nematelmintos que parasitam os seres humanos.

ALERTA: Homem é diagnosticado com milhares de larvas no corpo após comer sushi

Quando uma pessoa engole ovos deste verme juntamente com alimentos crus, frutas mal lavadas e água contaminada, esses ovos alcançam o intestino, onde se rompem e liberam larvas.

Uma vez ingeridos por uma pessoa, esses ovos se rompem no intestino e liberam larvas, que se desenvolvem e se transformam em vermes adultos. Podem ser parasitas ou de vida livre. As larvas são parasitas de invertebrados enquanto os adultos geralmente têm vida livre no plâncton ou no solo. Ciclo Ancilóstomos, lombrigas, oxiúros e filárias são alguns exemplos de nematelmintos que parasitam os seres humanos. Vida livre e parasitas. Ancilóstomos, lombrigas, oxiúros e filárias são alguns exemplos de nematelmintos que parasitam os seres humanos . Subdivisões O filo Platyhelminthes divide-se nas seguintes classes: Nematódeos ou Nematoides São helmintos cilíndricos e alongados que pertencem ao filo Nematoda. Os principais parasitas nematódeos que parasitam o trato digestivo humano no Brasil são Ovos contidos nas fezes contaminam a água de consumo e os alimentos utilizados pelo homem.

OS NEMATÓDEOS SÃO VERMES CUJOS SEUS REPRESENTANTES SÃO TODOS PARASITAS DE ANIMAIS E PLANTAS?

No caso do Ancylostoma duodenale, a contaminação pode-se dar também pela ingestão das larvas em alimentos ou água contaminada, o que facilita seu caminho até o intestino.

Agarrados ao intestino do homem com seus dentes afiados, esses vermes se alimentam do sangue da vítima O Necator americanus suga de 0,03 a 0,06 ml de sangue por dia. mental, delírio, coma, perda de reflexos Ciclo de vida de Trichuris trichiura Os ovos não embrionados são eliminados nas fezes (1). Ciclo de vida livre: A larva rabditiforme eliminada pelas fezes (1) (ver quatro mudas e se tornarem machos e fêmeas adultos de vida livre (2) que geração de adultos de vida livre (conforme representado em (2), ou em (ver “Ciclo de vida livre” acima), ou pode causar autoinfecção (10). nematelminto varia dependendo de se o parasita é de vida livre. encontrar um hospedeiro adequado, as larvas maturam em vermes de vida livre e mas as larvas filariformes em fezes animais podem infectar o homem e

Os asquelmintos de vida livre habitam o solo úmido, a areia dos desertos e das praias, a água estagnada, o mar.

Todos possuem o corpo protegido por uma película ou cutícula resistente, em função da qual foi dado o nome do filo. Os principais nematódeos parasitas da espécie humana são: . Vivem na água doce ( exemplo Planárias) e do mar ( vida livre). Alguns animais são de vida livre, outros de vida parasitária. Muitos nematelmintos de vida livre são carnívoros e se alimentam de pequenos animais ou de corpos de animais mortos. Nematóide Curtir Carregando… Os nematelmintos (do grego nematos, fio; helminthes, verme) constituem um grupo de vermes que possuem o corpo liso, cilíndrico e alongado. O anima adulto vive no intestino grosso do homem, principalmente na porção do ceco, implantando-se na mucosa intestinal através da porção afilada, onde se fixa e retira seu alimento. Estes vermes parasitam os gânglios e vasos linfáticos do homem, causando a doença conhecida por elefantíase, caracterizada por uma hipertrofia de alguns órgãos como: membros inferiores, escroto e seios. Conheça algumas Carrapato parasita de seres humanos Ectoparasitas - são os parasitas que se fixam à superfície do corpo do hospedeiro externamente, sugando-lhe nutrientes. Exemplos: carrapatos, pulgas e piolhos que parasitam animais e seres humanos. Tênia parasitando intestino humano Endoparasitas - são os parasitas que se localizam dentro do corpo do hospedeiro sugando-lhe nutrientes e causando-lhe doenças. Exemplos: vermes nematódeos ou platelmintos, como as tênias e lombrigas que parasitam humanos. Diferentemente dos bichos de vida livre, os parasitas comumente, apresentam estruturas específicas para se fixar ao hospedeiro e tambem para penetrar aos tecidos que serão agredidos. A transmissão ocorre pela ingestão de ovos do parasita, nos quais se formam larvas que perfuram a parede do intestino e penetram na circulação.