Quem é o agente causador?

Posted on

d) A melhoria nas condições de moradia pode diminuir os casos de doença de Chagas, causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi e transmitida pelo barbeiro.

É epidêmica, principalmente na região Norte do Brasil, e a vacinação consiste em injetar no paciente acometido anticorpos específicos para destruir o agente patogênico. b) Animais mamíferos (2 e 3) são susceptíveis à doença, pois os ovos de tênia ingeridos eclodem no intestino causando infecção gastrintestinal. ( ) Vacinas simulam infecções patogênicas, pois desencadeiam a produção de um agente infeccioso que deixará o organismo imune ou resistente ao agente verdadeiro. ( ) O organismo vacinado é protegido graças à memória imunológica, a qual reconhecerá o agente patogênico em futuras infecções, aumentando a eficiência do sistema imune para combatê-lo. a) Trata-se da doença chamada teníase (4), a qual é causada pela penetração ativa de larvas do parasita. c) Trata-se da doença chamada teníase (2), em que os ovos, eliminados nas fezes, contaminam a água de consumo e os alimentos utilizados pelo homem. (UNIOEST) Sobre o ciclo de vida da Taenia solium, e correto afirmar que: a) A oncosfera (larva) e encontrada na musculatura do hospedeiro definitivo. A doença pode evoluir para quadros mais graves com o aumento do baço e do fígado. As medidas profiláticas mais eficazes no combate à doença são: uso de calçados, construção de instalações sanitárias e ingestão de carnes cozidas, para evitar a ingestão de ovos do parasita.

Quem é o agente causador?

  • Evitar ingerir e manipular carne crua e vegetais crus
  • Evitar o contato com terra potencialmente contaminada com dejetos de felinos
  • Ingerir água tratada

Sobre o ciclo de vida do parasita causador da doença e das mediadas profiláticas mais importantes no combate à doença, assinale a alternativa correta.

Com o objetivo de quebrar o ciclo de vida do parasita, para prevenir essa doença, deve-se: a) Exterminar as populações de caramujos que infectam os hospedeiros intermediários. d) O caramujo (hospedeiro intermediário) é comido pelo peixe, e o parasita não tem como completar seu ciclo de vida. b) Exterminação de ratos, vetores do vírus causador dessa doença. e) Eliminação dos insetos vetores do vírus causador dessa doença. 3  3 – O amarelão, causado pelo Ancylostoma, é uma doença que se pode adquirir pela picada do bicho barbeiro. d) Um agente químico eficaz no combate a doença já instalada e que produza no corpo uma reação para a fabricação de anticorpos específicos. Na prevenção da tuberculose, principalmente em crianças recém-nascidas, evita-se o convívio com pessoas afetadas pela doença e recomenda-se o consumo de leite pasteurizado e fervido, além do processo de vacinação. Leptospirose: trata-se de uma infecção aguda, uma doença bacteriana que afeta seres humanos e animais causada por uma bactéria do gênero Leptospsira. Links úteis: A leptospirose é uma doença bacteriana, que afeta humanos e animais, causada pela bactéria do gênero Leptospira.

Ciclo de vida da doença de chagas

  • Reidratação
  • Fluidos Intravenosos
  • Antibióticos
  • Suplemento de zinco

A doença também pode causar os seguintes sintomas: olhos e pele amarelada, olhos vermelhos, dor abdominal, diarreia e erupções na pele.

Esse micro-organismo pode sobreviver indefinidamente nos rins dos animais infectados sem provocar nenhum sintoma e, no meio ambiente, por até seis meses depois de ter sido excretado pela urina. Vacina e Tratamento Quanto antes for instituído o tratamento da leptospirose, maior será a chance de evitar a evolução para quadros mais graves da doença, que sempre requerem internação hospitalar. Os vermes causadores do amarelão têm um ciclo de vida complexo, que começa e termina no intestino delgado. Pessoas que têm contato direto com solo que contém fezes humanas em áreas onde o amarelão é comum estão sob o risco de contrair a doença. São cinco os parasitas dessa classe, diferenciando apenas o agente causador da infecção conforme a região do mundo. A prevalência de leptospirose depende de um animal portador, que é o disseminador da contaminação, da sobrevivência do agente no ambiente e do contato de indivíduos suscetíveis com o agente. I. Nos animais, a infecção ocorre por inalação do agente, ingestão de água ou alimentos contaminados por urina de animais doentes ou portadores. Esse parasito foi descoberto pelo médico brasileiro Carlos Chagas, que também descreveu seu ciclo de vida. A Criptococose é a principal doença transmitida pelos pombos, que contamina as pessoas através da inalação de fungos que estão presentes nas fezes deste animal.

  • locais onde são criados animais de estimação.
  • residências, após uma inundação.

Dependendo da fase do ciclo de vida em que se encontram, podem viver tanto na superfície da pele do cão como no ambiente.

O ciclo de vida do carrapato é composto por quatro estágios: ovo, larva, ninfa e adulto. Esta bactéria, conhecida como Leptospira, geralmente entra em contato com o ser humano através das águas das enchentes,uma vez que estas águas estão freqüentemente contaminadas pela urina dos ratos. ciclo de vida inicia-se a partir da passagem do protozoário presente leptospirose, doença causada pela bactéria do gênero Leptospira, Raramente a transmissão ocorre pelo contato direto com sangue, tecidos e órgãos de animais infectados, transmissão acidental em laboratórios e ingestão de água ou alimentos contaminados. Os animais infectados podem eliminar a leptospira através da urina durante meses, anos ou por toda a vida, segundo a espécie animal e o sorovar envolvido. Considerando-se que a Leptospirose tem um amplo espectro clínico, os principais diagnósticos diferenciais são: Dengue, influenza (síndrome gripal), malária, riquetsioses, doença de Chagas aguda, toxoplasmose, febre tifoide, entre outras doenças. Como foi dito acima, todos os mamíferos são susceptíveis de contrair a infecção, mas algumas espécies de mamíferos são mais resistentes que outras à doença. No que diz respeito a animais de companhia e de produção, a doença é mais frequentemente encontrada nos cães, nas vacas, nos porcos e nos cavalos.

A leptospirose é uma zoonose, ou seja, uma doença transmitida por animais, causada pela bactéria Leptospira interrogans.

Tal escala se baseia em sentinelas de risco que são avaliadas na primeira visitadomiciliar pelo agente de saúde (ACS). O IgG indica que a mulher já apresenta memória para aquela doença, ou seja, apresentou em algum momento da vida. A Doença de Chagas foi inicialmente descrita por Carlos Chagas (1879-1934) que publicou todos os detalhes da doença – agente, vetor, ciclo de vida, quadro clínico. O agente causador é um protozoário, o Tripanossoma cruzi, e o vetor é um inseto triatomíneo que originalmente vive em palmeiras, como a de Açaí, em regiões de floresta nativa. Fisiopatologia e Ciclo de Vida do Tripanossoma cruzi A doença de Chagas é uma zoonose, ou seja, o protozoário infecta diversos animais na natureza e acidentalmente o homem. A febre tifoide é uma doença bacteriana aguda causada pela bactéria Salmonella enterica sorotipo Typhi. A tuberculose ou tísica pulmonar é uma doença infectocontagiosa causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, também chamada de Bacilo de Koch (BK). É possível contrair a doença por contato, direto ou indireto, com a urina infetada de cães ou de outras pessoas. Os cães portadores assintomáticos constituem um grande risco, pois permitem a transmissão da doença ao Homem e a outros animais. Normalmente os parasitos são específicos dos hospedeiros, mas existem espécies de parasitas que conseguem se instalar em duas ou mais espécies de hospedeiros durante o seu ciclo de vida. A doença pode ser transmitida através da urina de animais e da água e alimentos contaminados. Pessoas infectadas com a leptospirose podem tanto não apresentar nenhum sinal da doença, como apresentar sintomas semelhantes aos da gripe de dois a sete dias após a infecção. A doença pode ser transmitida diversas vezes entre as pessoas e os animais através do contato direto. Isso porque a doença infecciosa é transmitida por uma bactéria presente na urina de alguns ratos contaminados e por isso pode estar presente nas águas das enchentes. O tratamento da doença pode ser iniciado antes mesmo do diagnóstico exato ao serem utilizados medicamentos que atingem apenas os sintomas específicos. O ciclo de vida dos parasitas que causam a larva migrans cutânea começa quando animais infectados por helmintos eliminam os ovos do parasita nas fezes.